Lifestyle & Decoração

MASP: cultura e história no primeiro museu moderno do Brasil

Além de ser um exemplo de inovação arquitetônica e artística, o Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand proporcionou um espaço aberto à população e se tornou um dos principais símbolos da capital paulista

Cartão postal de São Paulo, o Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp) é um marco cultural e arquitetônico da cidade. Localizado na Avenida Paulista, uma das vias mais importantes da capital, o impressionante edifício de arquitetura modernista sustentado por suas icônicas colunas vermelhas completou 50 anos em 2018.

Pensado para ser um espaço de uso público, o vão livre do Masp cumpre hoje exatamente essa função: permite o trânsito dos pedestres, acolhe manifestações populares e artísticas, além de abrigar a tradicional feira de antiguidades aos domingos. Saiba mais sobre o museu:

O acervo

Um dos pontos turísticos mais visitados da cidade, o Masp recebe cerca de 500 mil pessoas por ano. O acervo do museu conta com mais de onze mil obras, de artistas brasileiros e estrangeiros dos mais diversos períodos, incluindo pinturas, esculturas, objetos, fotografias, vídeos e vestuário.

No Masp, os visitantes podem ver obras de nomes como Portinari, Botticelli, Renoir, Picasso, Van Gogh e Monet, entre muitos outros. Não por acaso, o museu tem o que é considerado o mais importante acervo de arte europeia do Hemisfério Sul.

Além da sua mostra de longa duração, o Masp promove exposições temporárias ao longo do ano, bem como seminários, palestras, oficinas e cursos.

História e inovação

Primeiro museu moderno do Brasil, o Masp foi fundado em 1947 pelo empresário Assis Chateaubriand. Sua primeira sede estava situada no centro da cidade, na Rua 7 de Abril e, somente em 1968, foi transferido para o edifício atual, projetado pela arquiteta ítalo-brasileira Lina Bo Bardi a pedido de Chateaubriand.

A inovação do museu não se restringe à arquitetura externa. O projeto expográfico, também da arquiteta ítalo-brasileira, trouxe os cavaletes de cristal, expostos no segundo andar do edifício. Dispostos por todo o ambiente, os cavaletes mudam a lógica tradicional da visitação a museus, em que os visitantes seguem uma narrativa linear estabelecida pela ordem de colocação das obras nas paredes. Sendo assim, no Masp o público pode escolher seu percurso e circular mais perto das obras, bem como ver a sua parte de trás.

No coração da capital paulista

Uma das mais famosas e movimentadas avenidas de São Paulo não poderia ser lugar melhor para um museu tão ousado quanto democrático. Para proporcionar a seus clientes fácil acesso a espaços culturais únicos, como o Masp, a MPD conta com o futuro lançamento em Pinheiros, a apenas dez minutos da Avenida Paulista. Clique aqui para saber mais.

Posts Relacionados
Lifestyle & Decoração

Os encantos do Parque do Ibirapuera

Lifestyle & Decoração

Japan House: o espaço da inovação e da tradição

Lifestyle & Decoração

Já pensou em usar o Youtube para aprender algo novo? Veja algumas dicas

Lifestyle & Decoração

Leve mais verde para dentro da sua casa

FIQUE POR DENTRO DAS NOTÍCIAS DA MPD

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *