Produtos e Lançamentos

Verve do design de interiores: conforto e acolhimento em um passeio contínuo

O design de interiores das áreas comuns do Verve Pinheiros teve como base um profundo conhecimento sobre os clientes do bairro e o objetivo de trazer aconchego e surpresa em cada ambiente.

Um edifício com design bonito e moderno pode impressionar já do lado de fora, mas são os detalhes que só podem ser percebidos ao entrar em um empreendimento que fazem com que o cliente se sinta verdadeiramente acolhido. O design de interiores faz uma grande diferença na sensação de bem-estar e na percepção daquele lugar como um todo, que culminam no desejo de viver ali.

Por isso, para que o Verve Pinheiros, primeiro empreendimento da MPD em São Paulo, encantasse os clientes em cada ambiente, a empresa contou com a parceria do escritório Quitete & Faria, de Ana Cristina Quitete e Leonardo Faria, que emprestou todo o seu talento e inspiração a esse empreendimento, cuidando do design de interiores das áreas comuns.

Aconchego e surpresa em um passeio contínuo

Ana Cristina conta que o objetivo do trabalho foi proporcionar conforto, aconchego e surpresa em cada ambiente. “Pinheiros é um bairro com muitas características de natureza, e foi muito gratificante levar isso para dentro do empreendimento. Fizemos um projeto com muita sinuosidade, como se o passeio da rua continuasse dentro dos espaços de convivência”, explica.

Novos tempos

Segundo Leonardo, embora tenha sido concebido muito antes da pandemia do novo coronavírus, o projeto combina perfeitamente com este momento em que a cultura de trabalhar de casa vem crescendo, seja por uma abertura das empresas ao modelo de home office, seja pelo interesse das pessoas por criarem seu próprio trabalho. “Veio muito a calhar, porque esse conceito de morar e trabalhar no mesmo local, sem precisar se deslocar pela cidade, é a realidade de muita gente a partir de agora”, pontua o arquiteto, referindo-se ao espaço de coworking, que faz parte das áreas comuns do empreendimento.

Processo criativo

O processo de criação envolvido em um projeto de design de interiores, de acordo com os arquitetos, envolve um mergulho profundo e muita pesquisa sobre o público local, seus hábitos e perfil. A inspiração, portanto, vem de tudo em que o bairro está imerso: um passeio pelas calçadas, os grafites nos muros, as exposições, a arte de rua, a música etc. “Quando nos sentamos para criar, parece que vem aquela enxurrada. Além disso, discutimos e trocamos muitas ideias, para que o resultado saia realmente bonito”, conta Ana Cristina.

Um fator muito presente na criação de um projeto de design de interiores é a reinvenção. “A criação sempre parte de uma referência, porém muitas vezes pegamos, por exemplo, um material que sempre foi usado em pisos na área externa e aplicamos em uma parede interna, com um resultado totalmente diferente”, acrescenta Leonardo, reforçando que o trabalho na área de interiores não visa somente à estética, mas é também um desafio técnico, que avalia durabilidade, resistência e custo dos produtos e materiais.

Saiba tudo sobre o Verve Pinheiros

Primeiro empreendimento da MPD em São Paulo, o Verve Pinheiros conta com parceiros que dedicaram todo seu talento e inspiração ao projeto. Navegue pelo nosso blog para saber mais também sobre as verves de arquitetura, paisagismo e arte

Posts Relacionados
Produtos e Lançamentos

Verve artística: arte de rua e liberdade para criar

Produtos e Lançamentos

Verve paisagística: biodiversidade nativa ganha destaque no primeiro empreendimento da MPD em São Paulo

Produtos e Lançamentos

Verve de arquitetura: inspiração na natureza e uma vista privilegiada

Produtos e Lançamentos

Conheça o Verve Pinheiros, empreendimento que marca a chegada da MPD ao coração de São Paulo

FIQUE POR DENTRO DAS NOTÍCIAS DA MPD

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *