Lifestyle & Decoração

O novo entretenimento: como se divertir sem sair de casa

Veja algumas alternativas para quem quer consumir entretenimento sem deixar de tomar os cuidados necessários para evitar a propagação do novo coronavírus, como o distanciamento social.

Com a pandemia do novo coronavírus, pessoas no mundo inteiro precisaram se adaptar a uma nova rotina, com as medidas de isolamento social e quarentena. Hoje, muitas cidades do Brasil e de outros países já flexibilizaram as medidas de isolamento e estão reabrindo suas economias. Mesmo assim, a pandemia continua sendo uma realidade e, por isso, é necessário ter cuidados. 

Uma das medidas mais importantes para evitar a propagação do vírus é o distanciamento social, portanto ficar em casa ainda é uma ação muito importante. Mas como fazer isso sem deixar de se divertir? Como consumir entretenimento sem pôr em risco a sua saúde e a dos demais? Bem, durante o período mais rígido de quarentena, o mundo do entretenimento precisou se reinventar e hoje existem diversas alternativas nesse sentido. Veja algumas delas. 

Lives

As lives se tornaram uma verdadeira febre durante a quarentena. A transmissão de conteúdo em tempo real, usada também para veicular debates e aulas sobre os mais diversos assuntos, entre outros, ganhou destaque especial no cenário musical. Transmitir um show, muitas vezes em formato reduzido e com certo ar de improviso, para o público que está em casa, virou moda e promete ficar em alta por um bom tempo.

Museus virtuais

Além da música, a arte e a história mergulharam no mundo digital para continuar presentes na vida das pessoas. Diversos museus, incluindo muitos mundialmente famosos, como o Louvre, de Paris (França), e o Museu de História Natural de Washington (EUA) disponibilizaram tours virtuais em seus sites. Outra dica é acessar o Google Arts & Culture, plataforma com tours por exposições de diversos museus espalhados pelo mundo. Assim é possível conhecer obras de artistas consagrados e artefatos históricos únicos com apenas alguns cliques.

Drive-in

Sim, eles estão de volta. Com a necessidade de distanciamento social, os cinemas drive-in passaram a ser adotados em diversas cidades do Brasil e do mundo, como uma alternativa de entretenimento sem provocar aglomerações. Estacionamento e espaços culturais – como é o caso do Memorial da América Latina em São Paulo (SP) – passaram a receber esse tipo de atração, oferecendo o bom e velho cineminha para o público curtir com a família ou amigos, no aconchego do seu carro.

Gastronomia

Um dos setores mais diretamente afetados pela pandemia, a gastronomia precisou se reinventar durante esse período. Em diversos países, restaurantes de chefs renomados buscaram investir não só no delivery dos seus pratos, mas na entrega de experiências na casa do cliente. Muitos deles hoje entregam itens semiprontos para que o menu seja finalizado e degustado em casa, com instruções para a montagem, preparação e harmonização. Assim, além da refeição, o cliente tem uma interação diferente com o menu, e o preparo acaba sendo parte da experiência.

Outras formas de vivenciar o distanciamento social

O mundo do entretenimento não foi o único que precisou se adaptar e mostrar novas soluções para o mundo pós-pandemia. A educação também mergulhou fundo nas soluções digitais, com formatos de ensino à distância que devem continuar como uma tendência no novo mundo que começa a se configurar. 

Posts Relacionados
Lifestyle & Decoração

Compras e entretenimento no Bourbon Shopping

Lifestyle & Decoração

Viva diferentes experiências gastronômicas nos points de Perdizes

Lifestyle & Decoração

Encante-se por Perdizes, um bairro perfeito para morar

Lifestyle & Decoração

Tecnologia e segurança: entenda o que a automação residencial pode fazer pela sua proteção

FIQUE POR DENTRO DAS NOTÍCIAS DA MPD

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *