Dicas da Maitê

Conheça 6 expressões comuns do mercado imobiliário

Ao financiar o seu imóvel você pode se deparar com expressões que nunca tinha ouvido. Entenda algumas delas.

Matrícula, registro, averbação, Laudêmio… com tantos termos novos, financiar um imóvel pode parecer mais complicado do que realmente é. Neste artigo trazemos para você a explicação de algumas expressões que você seguramente ouvirá no caminho para realizar o sonho de ter sua nova casa ou apartamento. Continue a leitura para saber o que significam alguns dos termos mais comuns no setor.

  1.   Matrícula do imóvel

É uma espécie de “RG” do seu imóvel. A matrícula tem um número de identificação próprio, que garante a existência jurídica do imóvel perante a sociedade. Nela consta uma breve descrição e todo o histórico da propriedade, como compra, venda e troca de proprietário.

  1.   Registro Imobiliário Patrimonial (RIP)

É a identificação do imóvel no cadastro da Secretaria de Patrimônio da União (SPU), no caso daqueles localizados em área foreira (que tem como proprietária outra parte, como é o caso de terrenos legalmente pertencentes à marinha). Nessas situações, o novo proprietário, que vai utilizar o imóvel, deverá pagar o foro, tributo federal cobrado anualmente. Na hora da compra e venda, é cobrada também outra taxa, chamada de Laudêmio.

  1.   Registro de imóvel

É o documento que estabelece o verdadeiro proprietário do imóvel, bem como a transmissão do bem a outra pessoa.

  1.   Averbação

É um processo judicial que tem todas as alterações referentes ao imóvel e às pessoas citadas no registro ou matrícula do imóvel. É realizada a cada compra e venda do bem, assim como quando há alterações importantes, como construção ou demolição.

  1.   Plano empresário

O Plano Empresário é uma forma de financiamento em que o banco financia parte dos custos da obra à incorporadora ou construtora, recebendo o empreendimento ou parte dele como garantia. Quando a obra estiver concluída, o banco já tem a documentação do imóvel em mãos, o que torna mais rápido o processo de reunir a documentação e fazer a avaliação do bem.

  1.   Interveniente Quitante

É o banco que financiou a obra.

Encontre o seu imóvel

Agora que você já conhece os principais termos relacionados ao financiamento de imóveis, que tal encontrar o seu? Visite o site da MPD e conheça nossos empreendimentos.

Posts Relacionados
Dicas da Maitê

Dicas para não errar na escolha do vinho

Dicas da Maitê

Porcelanato em pias e bancadas: entenda as vantagens

Dicas da Maitê

Vinhos nacionais: conheça as particularidades da produção brasileira e deguste os sabores locais

Dicas da Maitê

Tudo o que você precisa saber para ter a sua adega

FIQUE POR DENTRO DAS NOTÍCIAS DA MPD

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *