Seu Imóvel

8 perguntas – e respostas – sobre financiamento imobiliário

Tire todas as suas dúvidas antes de fazer o financiamento para realizar seu sonho da casa própria.

Realizar o sonho de ter o seu próprio imóvel é um grande passo, mas o caminho para chegar até lá pode ser um desafio e tanto. A forma mais comum de atingir esse objetivo é por meio de um financiamento imobiliário, processo que envolve uma série de documentações, impostos e detalhes a serem analisados antes de fechar negócio. Para ajudar você nessa empreitada, a MPD reuniu neste artigo as principais dúvidas – e suas respostas – sobre financiamento imobiliário. Confira abaixo.

  1.   Qual é o prazo para aprovação de um financiamento?

Legalmente não há prazo para essa aprovação. O que existe são as análises de risco e da conformidade documental e cadastral. Essas etapas têm o objetivo de atestar se o solicitante tem condições de arcar com o financiamento, com base em informações sobre o histórico dele como pagador e se ele tem dívidas pendentes.

  1.   As custas do imóvel podem ser financiadas?

Sim, alguns bancos oferecem essa possibilidade. É importante, porém, que você avalie se é necessário e vantajoso fazer isso. Vale ressaltar que, em alguns municípios, é possível conseguir um desconto de 50% nas custas de cartório para o Registro de Imóvel, quando se trata da primeira aquisição de imóvel residencial.

  1.   Quais os documentos necessários para o registro de imóveis?

O Cartório de Registro de Imóveis exigirá um kit de documentos, incluindo comprovante de pagamento do Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), documento emitido pela Prefeitura, valor venal de IPTU, procurações, entre outros.

  1.   Os financiamentos oferecidos pelas diferentes instituições financeiras têm sempre a mesma taxa de juros?

Não. Por isso é importante pesquisar e se informar sobre as taxas de juros que serão aplicadas no contrato.

  1.   Preciso de uma assessoria bancária?

Você não é obrigado a contratar uma assessoria bancária, mas, se fizer isso, pode ter uma série de vantagens. Na compra de um imóvel, serão exigidos diversos documentos com os quais nem todos os clientes estão acostumados a lidar. Por isso, as assessorias bancárias fazem o meio de campo entre o cliente e o banco, facilitando e agilizando todo o processo de compra. Elas podem até mesmo ajudar você a escolher o banco com as melhores condições para fazer o financiamento.

  1.   Qual é o prazo para fazer o registro de imóvel?

De acordo com a Lei de Registros Públicos (6.015/73), o registro do imóvel deve ser feito em até 30 dias a partir do protocolo do título ou contrato. Se o contrato for financiado no SFH ou SFI (Sistema de Financiamento Imobiliário), o prazo é de 15 dias.

  1.   Por que o imóvel deve ser registrado?

O registro no Cartório de Registro de Imóveis é obrigatório em qualquer transação imobiliária. É por meio dele que se reconhece a propriedade, ou seja, somente ao registrar o seu imóvel você se tornará oficialmente o dono dele.

  1.   O que devo fazer depois de quitar o financiamento?

Quando você terminar de pagar o seu imóvel, o banco emitirá o termo de alienação fiduciária, com firma reconhecida e a procuração autenticada. Você então deve ir ao Cartório de Registro de Imóveis para fazer a averbação da matrícula e, assim, liberar a hipoteca ou alienação fiduciária.

Buscando um imóvel?

A MPD tem diversas opções de empreendimentos que vão encantar você. Acesse nosso site e veja as opções.

Posts Relacionados
Seu Imóvel

Financiamento sem mistério

Seu ImóvelSobre a MPD

Tecnologia traz mais agilidade e sustentabilidade à assinatura de escrituras na MPD

Seu Imóvel

Financiamento imobiliário passo a passo

Seu ImóvelSobre a MPD

Automação residencial: o futuro está aqui

FIQUE POR DENTRO DAS NOTÍCIAS DA MPD

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *